BASTIDORES

O que eu sinto quando vou dar aula.


IMG_2656.JPG

Estou no quarto de hotel, em Montevideo, me preparando para dar o último curso de BodyTalk Acesso do ano. Além de saber que terei 7 alunos na turma, não faço ideia do que vou encontrar.

Toda aula começa do mesmo jeito: às cegas. Eu uso uma apostila e uma série de slides, que são os mesmos para todas as turmas, mas a minha fala é customizada, se adapta ao grupo.

O que deixa a experiência emocionante é que eu só sei como vai ser a aula, depois que ela começa. Durante os primeiros minutos, enquanto cada aluno se apresenta, abro um espaço dentro de mim e deixo as apresentações me mostrarem aonde aquela turma quer ser levada.

Amo, amo, amo esses primeiros minutos! Morro de ansiedade antes de começar, porque não está tudo sob controle, mas a sensação de entrega e de me deixar guiar por cada grupo mantém viva a novidade que me motiva a continuar ensinando.

VK


A série “Bastidores”, traz insights sobre os conflitos, crises e ansiedades que eu vivo nos bastidores do consultório, das aulas, da escrita. São minhas reflexões pessoais sobre temas universais.

tags: educação emocional, autoconhecimento


Compartilhe: